• Hub Education

A era do trabalho remoto

Por séculos a possibilidade de se trabalhar fora dos ambientes oficiais das empresas era quase inexistente. Inúmeros fatores levavam a essa inflexibilidade das funções, como a limitação da internet banda larga e a falta dos equipamentos necessários, que demoraram muito tempo para estarem efetivamente presentes em nossas rotinas.


Hoje, visualizando a situação que nos encontramos em meio a uma pandemia global, fica claro que a situação apesar de trágica está sendo levada de maneira menos dificultosa para muitas empresas que não podem parar e que já se sentem ou já se sentiam seguras para implantar o trabalho home office a seus colaboradores.


Toda esta situação pode ser vista como um divisor de águas entre as empresas que já se viam prontas para esse novo plano de funcionamento e as que ainda não haviam criado uma estrutura para o desempenho ocorrer também outside, o que induz ambos os níveis de maturidades a visualizarem o lado de dentro de seus negócios, incluindo também a realidade de seus colaboradores. 


A migração mesmo que temporária dos escritórios para o home office gera uma instabilidade na produtividade, o que diante o cenário de medo e preocupações que o COVID-19 nos trouxe, é algo natural.


Tudo isso vem desencadeando inúmeros debates e discussões sensacionalistas em torno de como melhorar a produtividade, manter os colaboradores engajados e ainda por cima influenciá-los a obter mais habilidades e conhecimentos durante seus momentos ociosos. Mas na realidade, não é assim que funciona, mudanças de rotina podem trazer diversos desconfortos e poucos líderes estão aderindo a esse olhar mais delicado e preocupado sobre o lado emocional da situação.


Não é todo mundo que mora com conforto ou está com a vida pessoal estável em um momento como esse. Você já parou para pensar que algumas pessoas do seu convívio podem nem conseguir se manterem seguras? A internet, por exemplo, apesar de ser amplamente explorada ainda só é possibilidade para 70% da população brasileira, logo os outros 30% estão “impossibilitados” de trabalhar à distância.


Para mudar então essa discussão sobre como manter o time totalmente ativo, aí vai uma afirmação necessária: está tudo bem as coisas não fluírem da forma que você esperava. A questão é, você já pensou como pode trabalhar isso de maneira mais humanizada? 


1. Pense nas pessoas

Parece muito óbvio, mas às vezes algumas situações nos cegam sobre o que realmente importa. Já que nesse momento o foco é se manter seguro diante a situação, porque não olhar ao redor e estender a mão para aquele colaborador que muitas vezes está passando por uma situação mais desfavorável que a sua?


É momento de olhar além de si mesmo, já que tudo é sobre pessoas, você poderá ver até mesmo alguns gaps do seu negócio que são influenciados pelo seu time, mas que com esse entendimento mais profundo, pode ser resolvido posteriormente.


2. Adaptabilidade

O mercado nunca é estático, logo os resultados também não. Por isso é imprescindível desenvolver seu perfil flexível frente aos negócios. 


É importante possuir planos além do B, para ter rotas diferentes a serem seguidas quando situações divergentes acontecerem, assim como o momento atual que estamos vivendo. Quem diria há alguns meses que a rotina de trabalho da sua empresa seria abalada sem um prazo exato para voltar ao normal? 


Você precisa estar sempre um passo a frente para não ser freado por situações inesperadas e assim preparar o seu time para acompanhar o ritmo sem se prejudicar.


3. Não, não é momento de focar na crise

Pode parecer estranho, mas no momento é importante focar na gestão, nos processos… Buscar se adaptar a situação com agilidade e humanismo, para conseguir continuar entregando os resultados sem prejudicar os colaboradores que fazem parte do processo funcional.


Inteligência emocional é a palavra da vez para ir de frente com o medo e a insegura, é preciso blindar a mentalidade de que essa situação não possui alternativas, manter a calma é essencial para ir para o próximo passo, o planejamento.


4. Você precisa tirar as ideias do papel

A nossa última sugestão, é sobre aquela ideia de melhoria que você vem guardando pra si mesmo há um tempo e não conseguia colocar em prática por falta de tempo. Então, esse é o momento ideal para trabalhar nela, pensando além do momento atual, mas também em quando a rotina normal do negócio se restabelecer novamente. 


Por que não compartilhar as informações com seu time e se abrir para sugestões? 


Tudo isso, é apenas um caminho para que você líder, consiga superar esse momento de maneira mais significativa e funcional, considerando além dos resultados que você espera, mas também do que o seu time espera de você.


© 2023 por Hub Education.

Comunidade de educação continuada.

Siga a gente:

  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone LinkedIn
  • White Instagram Icon